sábado, 7 de novembro de 2015

Professor é espancado por aluno no RJ

Caros colegas:
Infelizmente, nem tudo é festa, nas escolas...
Este é o Professor Ramez Maalouf, nosso colega do 

CIEP - Centros Integrados de Educação Pública (Escola Pública Estadual) 

Ciep 314 Galileu Galilei mais conhecido como Brizolão. A escola fica localizada em Belford Roxo, município do estado do Rio de Janeiro e trabalha com ensino fundamental e médio.
Ele foi espancado pelo aluno Bruno até desmaiar. 
Compartilhem. Muito triste.
Educação de luto, em respeito ao Professor.


Alguns comentários criticam a forma como a educação está sendo relegada no país:


"Os conceitos dessa nova psicologia que relativiza tudo, permite tudo, vitimiza crianças e adolescentes em todas as situaçōes, ajuda a criar esses monstrengos. Tiraram a autoridade dos professores na sala de aula, os alunos podem: bagunçar, dormir, sair de sala e etc. Educação começa em casa, sendo transmitida pelos pais, mas a falta de limites versus falta de umas boas palmadas e castigos, tá fazendo deles um bando de selvagens."  

Leila Abrunosa Silva



"Não poste essa foto não ponha o nome do aluno. Não reclame. No Brasil isso da direito do aluno processar o professor por exposição em rede social..... essa é a nossa justiça. É assim que o Brasil funciona. É incrível como na Coréia na ditadura o imperador se curva diante do professor e no Brasil esse profissional é tão desvalorizado. As pessoas que fazem isso não se tornam bandidos. Já são...... educação vem de casa.... Aí um marginal desse aparece morto e a família aparece em tudo que é canal da mídia pra reclamar que o filho era um anjo. Quando a polícia mata o policial vira bandido. Quando a escola suspende ou expulsa é perseguição , é privar o coitadinho de poder aprender...... Se eu fizesse uma coisa dessas  apanhava e muito da minha mãe e do meu pai mas hoje os vagabundos são protegidos se os pais relam a mão é a lei da palmada...... espero uma boa recuperação pra esse profissional tão desvalorizado e dizer pra ele que apesar de não ter sido meu professor tenho muito respeito por tentar levar os alunos a aprender a ter futuro e por escolher uma carreira tão nobre. Parabéns. Não desista. Existem muitos que fazem o mal mas não deixe que esses te impeçam de continuar a guiar os caminhos daqueles que querem o bem. Que querem crescer. Animo. Siga em frente. Continue fazendo diferença na vida de tantos quanto puder. Boa sorte

Renata Alves Rodrigues


Sou mãe de aluno adolescente. Isso só acontece porque os pais não educam os filhos.  Acho um absurdo acontecer isso com um professor.  Ensinei aos meus 2 filhos que professor na sala de aula tem que ser respeitado e fora também como se fosse pai e mãe.

Rosimeire Cordeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

utilize este espaço para comentar sobre a postagem. Escreva o que quiser, seu comentário não vai para moderação, pedimos apenas que não publique ofensas e se não quiser, não precisa se identificar.